Blog

Paz Interior

2396 views

“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” Rm 12.21

Poderíamos ler este texto assim:

Não te deixes vencer do que você desejaria (satisfação emocional), do agir de forma impiedosa, destrutiva, ofensiva, causadora de mágoa, de feridas, erradamente…

Paulo foi inspirado pelo Espírito Santo para nos incitar a não agir e viver pelo que sentimos, mas pelo que está escrito (fé).

Para vencer nossa carne é preciso contraria-la fazendo o bem, tendo boas atitudes sem que haja quem mereça. Haja vista ser isto o que Deus faz por nós a todo o instante; fazer o bem é imita-Lo.

Quando agimos de forma grosseira retribuindo a uma grosseria, ou quando ficamos emocionalmente abaladas devido a atitude de alguém que nos fez mal por meio de uma ofensa, fofoca, de palavras duras, de desprezo, não fazemos nada além do que nos deixar levar pelas emoções.

É por isso que devemos ser apressados em perdoar e esquecer, sem deixar com que o que reações instintivas e emotivas de outros penetrem em nossa interior e tirem nossa paz. Somente agindo assim que naturalmente promoveremos em nós uma boa reação. É nossa atitude contrária ao que se esperam, que faz com que as pessoas vejam Jesus em nós, pois seria assim que Ele agiria.

Somente é possível perseverar em vencer o mal fazendo o bem, mesmo àqueles que se demonstram ingratos ou que nos fazem o que consideramos mal, por meio da decisão de não viver pelo que sentimos e sim pelo que está escrito.

Ao agirmos assim, além de paz interior, promovemos o gozo na alma por agrada-Lo.

Gislene Xavier