Relacionamento

O passado sufoca o presente

4 comments1773 views

As pessoas estão sujeitas a decepções amorosas, principalmente quando se deixam guiar pelas emoções. Afinal, a própria Bíblia afirma: Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” (Jeremias 17.9). O que quer dizer que os sentimentos são imprevisíveis, podem enganar e trazer diversos males.

Por isso mesmo, o bispo Edir Macedo afirmou,em recente participação no programa “Escola do Amor Responde”, que é preciso “separar a razão do coração, a fé do sentimento”. Aquele que se guia pela fé se protege de possíveis armadilhas e impede que acontecimentos do passado influenciem na vida presente.

Muitas pessoas sofrem desilusões amorosas e se prendem aos sentimentos passados. Isso faz com que elas sofram as consequências de diversas maneiras:

– Têm sentimentos ruins, como raiva e tristeza, ao se lembrarem do passado;

– Apegam-se a pessoas que não fazem mais parte da vida delas;

– Têm medo de sofrer novamente e, por isso, são inseguras e desconfiadas;

– Sentem-se aprisionadas ao sofrimento que viveram.

“A pessoa fica alimentando os sentimentos. Como eu posso alimentar os sentimentos? Quando você entra na internet e fica buscando e buscando informações dessa pessoa que você ama você está alimentando as emoções. É como se você pegasse um punhal e ficasse espetando você mesmo, fazendo do seu corpo uma peneira”, afirma o bispo.

Para ele só existe uma solução para se livrar desse problema: parar de alimentar os sentimentos e passar a alimentar a fé.

“Quando a pessoa vive na fé, ela vive na razão, na inteligência. Ela programa, ela vê, ela tem perspectiva do futuro, ela projeta o seu futuro independentemente da voz do seu coração. Se você está amarrada (o) por um sentimento por esse rapaz (essa moça), enquanto você não se livrar desse sentimento ou deixar o seu coração de lado e colocar a sua razão para funcionar, você vai continuar com o problema e ninguém vai poder fazer nada por você.”

Olhe para frente

Na Terapia do Amor do dia 14 de abril, no Templo de Salomão, os palestrantes e autores do livro“Casamento Blindado”, Renato e Cristiane Cardoso, falaram diretamente a quem ainda está preso ao passado. “Só podemos entender a nossa vida quando olhamos para trás, mas só podemos viver a nossa vida quando olhamos para frente. O passado nos é útil quando sabemos entendê-lo e interpretá-lo, e com essa informação podemos mudar o nosso futuro”, afirmou Renato.

O casal destacou que é preciso aprender com o ocorrido, como um namoro que não deu certo, por exemplo. Entretanto, não se pode ficar revivendo aquele momento para sempre, pois isso impedirá que a pessoa esteja aberta para um novo relacionamento ou para a continuação sadia do casamento.