Perguntas e respostas

O bispo responde – A ligação entre a Igreja e a Record

1 comment7058 views

Um internauta me escreveu perguntando: Qual a razão de a Igreja Universal pagar para exibir os programas na Rede Record se o bispo é o dono dela?

Resposta:

A ligação entre a Igreja e a Record é o fato de o líder espiritual ser o sócio majoritário, somente isso. Contudo, tal fato não autoriza a transmissão gratuita dos programas da IURD na emissora, pois são pessoas jurídicas diferentes, com patrimônio distinto, não podendo ter a confusão patrimonial de bens nem de pessoas, pois, se tal mistura existisse, seria considerado um ilícito, isto é, contrário a lei. Como a Igreja Universal trabalha de forma totalmente lícita, é necessário atender o que a legislação determina de modo que temos que ter um contrato de locação com a Rede Record, pagarmos os preços de mercado pela transmissão da programação, contabilizarmos tudo isso, a fim de fazermos tudo dentro da lei.

Ainda a título de esclarecimento, a IURD é quem produz seus programas e apenas compra o espaço televisivo para a transmissão. Contudo, esta transmissão, que é feita pela Record, gera gastos que devem ser suportados por ela, que é uma empresa de cunho comercial e vive de resultados, não podendo se dar ao luxo de conceder espaço em sua programação, de forma gratuita, para quem quer que seja. Isto geraria prejuízo à Record, o que poderia impactar na administração da empresa, que tem muitas contas a pagar, haja vista que levar imagens a todo o País e a mais de 150 países no mundo possui um custo muito alto.

A Rede Record é reconhecida pela seriedade com que trabalha e tem como princípio o tratamento igualitário de todos aqueles que assistem à programação da emissora, razão pela qual a IURD nem qualquer outra instituição poderá ser beneficiada com a transmissão de programas de forma gratuita, para que, assim sendo, fiquemos totalmente de conformidade com a lei.

Caro internauta: é muito importante que você leia o Evangelho de Marcos 12.13-17 e compreenderá a importância de respeitarmos as leis dos homens. O nosso Senhor Jesus o fez e ensinou que devemos fazer também.