Relacionamento

Como ser a melhor esposa?

2223 views

Conheça 8 qualidades essenciais para se tornar a mulher ideal para o seu marido

As mulheres têm o potencial necessário para ser a esposa perfeita. Não que não tenham defeitos – têm sim, muitos, assim como os homens –, mas possuem alguns dons e qualidades exclusivamente femininos, que, se trabalhados, aperfeiçoados e colocados em prática, trarão benefícios incontáveis para o relacionamento a dois, a ponto de o marido não ter dúvida de que tem a melhor esposa que poderia ter.

Conheça abaixo 8 dessas características que a melhor esposa tem:

Ela é bondosa – Preocupe-se em fazer para o seu esposo o que ele espera que faça, e não o que você gostaria de fazer. Sua preocupação deve ser atender a necessidade dele, ainda que não corresponda àquilo que você acha que ele precisa.  Independentemente de ele ser ou não bondoso com você, sua conduta não deve mudar.

Quando a mulher toma a iniciativa de mudar, influencia seu marido a também querer mudar. Veja algumas dicas:

Ponha-se no lugar dele e você saberá exatamente o que ele quer de você.

  • Se o que você vai dizer não for necessário ou vai magoá-lo, então, não diga.
  • Você não precisa ter sempre uma palavra para dizer, mas deve estar sempre pronta para ouvi-lo.
  • Nem sempre o que você gostaria que ele fizesse a você é o que ele gostaria que você fizesse por ele. Talvez a necessidade dele seja outra. Descubra-a.

Ela o aprecia – Esteja atenta às necessidades do seu esposo. Coloque-o no topo da lista de suas prioridades. Se ele lhe pediu algo, faça o quanto antes, isso fará com que ele se sinta especial. Cuide das coisas dele, mantenha suas roupas limpas e organizadas, faça a comida que ele gosta, se esforce para agradá-lo, pois, dessa forma, estará mostrando o quanto se importa com ele.  Vale lembrar que o seu esposo representa o Senhor Jesus. Você trataria o Senhor Jesus de qualquer maneira?

Ela é transparente –A mulher tem o péssimo hábito de esperar que o marido adivinhe o que ela está sentindo ou pensando. Se está triste, quer que ele tenha a sensibilidade de perceber; se está chateada, ele tem a obrigação de saber o motivo, afinal de contas, ele é o motivo. Não é mesmo? Contudo, é bom que saibam que os homens não são assim. Se quiser que ele saiba de algo a seu respeito, tem que dizer com todas as letras. Homens não entendem a linguagem corporal, essa habilidade é das mulheres. Ele realmente precisa ouvir de você o que exatamente quer dele.

Ela é flexível –Saia da rotina de vez em quando. Após um dia de trabalho, muitas tarefas esperam pela mulher em casa, mas que tal, de vez em quando, deixar uma delas de lado para fazer companhia ao marido, sentar-se com ele e ouvi-lo falar daquele assunto que ele tanto gosta mas você não costuma dar tanta importância? Surpreenda-o se interessando pelos interesses dele.

Ela é forte –  A força de uma boa esposa está na sua comunhão com Deus. Quando a mulher, diante das dificuldades, se mostra confiante e, ao invés de ficar se lamentando ou reclamando, procura meios para solucionar o problema e oferece seu apoio ao marido, ele se sente encorajado a lutar, suas forças são revigoradas e tem o estímulo necessário para seguir em frente. Se um homem tiver ao seu lado uma mulher forte e determinada, certamente vai tirar forças da fraqueza para se superar e, por fim, a fará se orgulhar dele. Mas vale destacar que a mulher se torna fraca quando deixa suas emoções guiá-la.

Ela se cuida –Invista em vocêCuide de sua aparência e da sua saúde. Faça isso primeiro por você e depois pelo seu marido. Se quando solteira você cuidava da sua aparência, muito mais agora, que está casada, é que deve se cuidar. Seu marido sentirá orgulho de você e com certeza irá pensar duas vezes antes de sequer imaginar-se olhando para outra mulher.

Ela é batalhadora – Não faça corpo mole. Realize suas tarefas com empenho. Dê o seu melhor em casa, no trabalho. Não se acomode, saia da sua zona de conforto e arregace as mangas. Se você sabe que a casa precisa ser limpa, as roupas precisam ser lavadas e passadas e o almoço ser preparado, por que não começar logo? Planeje o seu dia para que, ao final dele, você tenha a agradável sensação de dever cumprido, em vez de sentir-se frustrada por não ter sequer feito as suas obrigações.

Ela é submissa –As feministas veem a submissão como fraqueza, mas na verdade a força da mulher está justamente aí. Porém não se trata da submissão cega, na qual a mulher é subjugada pelo homem e é feita de capacho dele. Não. A verdadeira submissão é aquela em que a mulher reconhece o marido como cabeça do lar e se coloca na posição de sua auxiliadora, permitindo a ele exercer o papel de líder, mas sempre se posicionando e expondo a sua opinião com sabedoria, sem desrespeitá-lo. Quando o homem se sente respeitado pela esposa, ele naturalmente tem prazer em agradá-la. Considere o seguinte: ele é a cabeça e você o corpo, e isso inclui o pescoço, que é o responsável tanto pelo sustento quanto pelos movimentos da cabeça. Captou a mensagem?

Quer aprender mais a respeito da vida a dois? Participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão, na Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, na capital paulista, ou em uma Universal perto de você. Para mais informações, acesse o site oficial da Terapia clicando aqui

Por Jeane Vidal / Fotos: Thinkstock