Relacionamento

3 coisas que podem destruir o seu casamento

2 comments872 views

Saiba como agir e evite as desavenças

Quem nunca reclamou do marido ou da esposa que atire a primeira pedra. Mas ficar falando mal o tempo todo acaba virando um vício. E, pior: pode ser o estopim até mesmo para o fim do relacionamento.

Claro que algumas queixas têm fundamento, mas é preciso saber lidar bem com elas, relevar quando necessário, manter o diálogo e, acima de tudo, rever alguns conceitos.

Eentre as muitas reclamações dos casais, 3 delas são campeãs e parecem liderar as desavenças, por isso, merecem atenção, afinal, são as que mais têm destruído os relacionamentos nos últimos tempos. Veja logo abaixo quais são:

Dinheiro: Ele pode ser considerado o número um dos problemas conjugais; e não pense que as desavenças surgem somente pela falta dele, não. Ter dinheiro também dá muito trabalho. Quando se tem demais, muitas vezes, se gasta com futilidades, e as brigas se instalam. Às vezes se tem o bastante, mas nunca é o suficiente para o casal. Se não tem, é motivo de briga. Percebe a confusão por causa dele? É preciso manter o equilíbrio, afinal, você realmente pode comprar tudo o que o dinheiro proporciona, menos saúde, paz, harmonia e o bem-estar dos filhos, por exemplo. Pense nisso!

Sogra: Em alguns casos a convivência é harmoniosa, mas em outros ela pode se transformar em um grande problema e até causar a separação do casal. O segredo é cada um ficar no seu espaço, no seu lugar. O filho ou a filha se casou? Ótimo, agora cada qual vai cuidar da sua vida. Isso não significa dizer separação eterna, só não dá para continuar interferindo na vida deles.

Entenda que, a partir do momento em que os filhos se casam e saem de casa, os pais passam a ser apenas visita. Não podem simplesmente chegar à casa deles mandando e desmandando, tem de haver respeito, tanto de um lado como do outro.

Rotina: Você não consegue mais se arrumar como antes, a casa está sempre bagunçada, a tão falada toalha molhada vive em cima da cama, faltam conforto, espaço e o sossego que você tinha antes? Vocês mal saem de casa e quando saem é sempre o mesmo roteiro?

É verdade que a vida a dois pode se transformar em uma rotina, mas lute para que coisinhas pequenas não se convertam em “monstros”. Se você não parar um pouco e começar a priorizar o amor, o respeito, o companheirismo, o diálogo, tudo isso acaba se perdendo em meio aos afazeres e, sem que se perceba, a vida familiar vai minando, literalmente por água abaixo.

Resolva tudo com tranquilidade, tente colocar ordem na casa e retome o prazer nos pequenos detalhes, sem estresse.

O casal de palestrantes e apresentadores Renato e Cristiane Cardoso está sempre falando a respeito de assuntos como esses, orientando, dando dicas, aconselhando, tanto em programas de televisão, como nas palestras, ao vivo, que ministra todas as quintas-feiras, às 20 horas, naTerapia do Amor, em São Paulo.

Quer aprender mais a respeito da vida a dois? Participe desse encontro, que acontece noTemplo de Salomão, na Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás. Para mais informações, acesse o site oficial da Terapia clicando aqui.

  • ATEVALDO/OBR. CAJ 5/SSA/BA

    Bem colocado esse passos são importante sim, mas a boa consciência faz muita diferença.

  • Mariana silva

    Tenho usado um programa ótimo para monitorar o celular do meu marido com esse programa tenho todo o monitoramento em tempo real : https://www.syncsoft.com.br/spymaster/#espiao_de_celular recomendo a vocês que façam o mesmo