Blog

Não troque o vestido!

1498 views

Uma notícia me chamou atenção recentemente, e quero usá-la para ilustrar uma situação muito presente em nossa realidade. Este fato aconteceu com Adiliane Faria, de 27 anos, bem no dia do seu casamento.

Todas nós sabemos o quanto o vestido de noiva é importante para uma mulher. Creio que ele é o item que mais suscita cuidado e carinho, pois qual é a noiva que não sonha entrar na igreja com um belo vestido?

A Adiliane pensou com antecedência neste item e em todos os demais preparativos do casamento. Mas, quando chegou o grande dia, ao aguardar na porta da igreja a marcha nupcial, uma mulher, ex-namorada do noivo dela, surge de repente e a ataca com um balde de tinta. Isso mesmo! O belo vestido da noiva ficou todo manchado de tinta vermelha.

Essa cena poderia ser o enredo de um filme, mas faz parte da vida real. E o que mais me chamou atenção foi a atitude da noiva. Ela poderia ter desistido do casamento e deixado aquilo estragar seu sonho, mas fez exatamente o contrário. Superou aquele triste momento e disse: “Vou entrar e arrasar!”

Ela se casou, fez inúmeras fotos com o vestido estragado e ainda recebeu uma breve fama, já que sua história foi parar nas manchetes de sites e jornais do País. Essa noiva conseguiu manter o foco em seu objetivo maior, que era o casamento. E o vestido, embora fosse importante, era algo secundário.

Captura-de-Tela-2015-06-09-às-17.06.47

 No entanto, não são todas as pessoas que pensam assim. Aliás, fazer das situações ruins grandes surpresas é uma virtude de poucos.

Tem sido comum ouvir pessoas dizerem que não aguentam mais determinada situação e por isso pensam em desistir. Não estou aqui para motivá-la, porque creio que a Palavra de Deus tem toda a ajuda que precisamos. Mas saiba de uma coisa: a fé nunca prometeu facilidades. A vida não é como um cruzeiro em alto mar, com ondas mansas e céu azul, onde você desfruta de SPA, cabine de luxo, lazer e diversão à vontade. Ela é feita de batalhas diárias e desafios gigantes.

Existem pessoas que dizem assim: “Preciso de ajuda, pois estou enfrentando uma luta maior do que eu.” Normal isso. Se as lutas fossem do seu tamanho, você não precisaria do Poder Divino para vencê-las, e usaria apenas a força de seu braço.

Não sei o que rouba suas forças neste momento, mas de uma coisa tenho certeza: Deus dará a você forças para ir até o fim, se assim você quiser. Ele providenciará tudo, mas não quer que você saia da batalha e desista.

Ao invés de você jogar a toalha e desistir, faça como a Adiliane e pense no seu objetivo maior.

Até a próxima!:)