Blog

Cause uma boa impressão

647 views

Todos querem ser bem-sucedidos, conquistar um bom círculo de amizades e ter habilidades para causar uma boa impressão.

Quando você conhece alguém, vem logo a preocupação se agradou e se será aceito. Saiba que, segundo as pesquisas, é necessário pouquíssimo tempo para se tirar muitas conclusões.

Sua aparência física conta muito; sua postura e tom de voz também. Você deve ter o cuidado em olhar nos olhos, iluminar o rosto com um sorriso e ser firme no aperto de mão.

Devemos seguir as seguintes regras:

  • Homens são apresentados às mulheres;
  • Jovens são apresentados aos mais velhos;
  • E pela  hierarquia, o menos importante é apresentado ao mais importante.

Mas, se não houver quem apresente, você mesmo pode fazer isso. Vença a timidez e se apresente. Isso mostra educação e segurança.

E vou falar o que mais você pode fazer para ser diferente diante de milhões de pessoas como você:

No meu caso, em uma apresentação, digo: “Como vai? Meu nome é Núbia.”

Na hora sei que a outra pessoa está pensando em quantas Núbias ela conheceu, como eram, etc. Tímidas ou desinibidas, fortes ou fracas, sinceras ou falsas,…

Você já pensou em quantas Fernandas, Anas, Marias, Sandras, Patrícias… Existem por aí?

Então, precisamos descobrir o que realmente nos agrega valor e provoca nas demais pessoas o desejo em dizer: “Que prazer conhecê-lo!”

No passado, era comum as pessoas comprarem títulos de nobreza. Elas faziam brasões de família, monogramas e assim se destacavam das demais. Claro que isso não mudava em nada o interior delas. Hoje não é muito diferente, pois vemos pessoas que se exaltam por causa do seu sobrenome, cargo, condições financeiras… Sendo que isso não encobre seus adultérios, mentiras, falta de educação e injustiças.

Você pode não ter um grande nome e sobrenome, talvez ele seja bem comum, meio caipira ou até engraçado. Pode ter nascido em uma comunidade, no interior, no sertão nordestino ou em um pequeno povoado às margens dos rios da Amazônia. Talvez você seja chamada de “a filha da dona Maria e do Sr. João” e não ter nada de ilustre, não sinta-se incapaz ou pequeno por isso.

Todos podem conquistar um bom nome com caráter, dignidade, bondade e justiça e nunca ter motivo para se envergonhar. Além de ter um bom currículo, boa aparência, traquejo social, seja aquela pessoa que paga o que deve, que não engana ninguém para se dar bem, trata a todos com respeito, é espontânea, sincera, bem-humorada, etc.

E quando tudo parecer igual, ou quem sabe você até estiver em condições desfavoráveis, esses valores a farão sobressair.

Quais virtudes você precisa acrescentar hoje ao seu nome? Se precisasse se descrever, fazer uma pequena autobiografia, saberia o que colocar, com toda sinceridade?

O que uma pessoa faz, que te deixa sem vontade conhecê-la melhor? Na minha opinião, é quando ela fala demais, isso cansa um pouquinho, rs.

Beijos!