Blog

Obreira em perigo!

871 views

Há sinais de perigo que revelam a nossa condição espiritual.

São alertas, que identificam até que ponto o nosso interior está afetado, refletindo-se, inevitavelmente, no serviço à Obra de Deus. Preste muita atenção.

Dentro da Igreja:

Vai para não dizerem que não veste o uniforme
Vai para cumprir um dever
Vai para agradar ao pastor ou a terceiros
É a última a chegar e a primeira a sair
Não tem prazer em atender as pessoas
Não se interessa em ajudar os que chegam pela 1ª vez à igreja

Em relação à reunião: pregação ou oração

Não consegue prestar atenção. Sempre se distrai
A palavra nunca é para ela. Os outros é que precisam de ouvir
Não fala com Deus e nem sente desejo para isso
Quando ora é uma repetição de palavras.

Em relação à oferta, dízimo e sacrifício

Pensa que por se obreira já não precisa mais de ofertar e dizimar
O sacrifício não é necessário, pois no seu entendimento, o fato de vestir o uniforme já é um sacrifício

Em relação ao Espírito Santo

Busca sem necessidade. Sem fome
Busca para ter uma posição na igreja ou ser reconhecido como uma pessoa de Deus
Busca na emoção

O artigo das obreiras de hoje é um alerta, pois se detectou algum sintoma destes na sua vida, então saiba que está em perigo, não de deixar de ser obreira, pois há muito que aos olhos de Deus já não o é, mas em risco de perder o bem mais precioso: A sua Salvação!

Não hesite em pedir ajuda. Procure o seu pastor, responsável ou esposa de pastor, caso perceba que sozinha, já não consegue achar o “caminho de volta”. Para isso estamos aqui!

Fique à vontade para deixar o seu comentário ou pedido de ajuda.

Apocalipse 3.15 Conheço as tuas obras, sei que não és frio nem quente. Antes fosses frio ou quente! 16E, por este motivo, porque és morto, não és frio nem quente, estou a ponto de vomitar-te da minha boca. 17E ainda dizes: ‘Estou rico, conquistei muitas riquezas e não preciso de mais nada’. Contudo, não reconheces que és miserável, digno de compaixão, pobre, cego e que está nu!

 

 

D LuizaLuisa Teixeira

http://vivifreitas.me