Blog

Transforme seus desertos

740 views

Uma das qualidades mais admiráveis em uma pessoa é sua capacidade de transformar derrotas em vitórias.

Para punir uma pessoa e não sujar suas mãos com sangue era comum no passado, lá no Oriente, atirá-las no deserto para morrerem. Uma pena de morte solitária e lenta, pois quem conseguiria sobreviver?

Porém, para surpresa de seus algozes que rondavam as redondezas tempos depois em busca do cadáver, não encontravam nem cadáver e nem deserto. Quer dizer, essas pessoas conseguiam extrair forças da fraqueza para reverter a situação a tal ponto de transformar o lugar num oásis. Muitos povoados e cidades começaram com alguém sendo punido.

Desde muito pequena percebi que a vida não era um mar de rosas devido a graves problemas familiares. O casamento dos meus pais era muito conturbado, com inúmeras brigas e idas e vindas.

Era tanto sofrimento que, por várias vezes, desejei o fim daquela união. Eu achava melhor vê-los separados do que presenciar uma tragédia, tamanha era a gravidade das agressões.

Ouvi palavras duras e vivi situações terríveis que me machucaram profundamente. Foram anos de golpes na minha alma que provocaram feridas profundas.

Eu tinha tudo para ser recalcada e agressiva com as pessoas. Poderia ser insensível e bloqueada emocionalmente por causa dos traumas. E ainda cometer erros e justificá-los com o meu passado. Mas, conhecer o Senhor Jesus trouxe a cura para a minha alma, paz para meus conflitos e libertação dos meus traumas.

Foram muitas lutas internas que eu tive que vencer para chegar aqui. Sei que tudo que passei tornou-me mais forte e mais experiente para ajudar outras pessoas.

Aqueles que não vencem seus traumas acabam ferindo outros, assim como foram feridas.

Ninguém teve e tem mais adversidades do que Deus. Sua história com o ser humano é marcada por cuidado e fidelidade, mas, em troca, Ele recebe rejeição e abandono. Ele compreende, mas não é compreendido. Amou as pessoas de uma forma tão intensa e extraordinária que foi capaz de dar o Seu tudo – Seu único Filho – mas pela maioria não é amado.

A trajetória terrena do Senhor Jesus mostra que com Ele não foi diferente, pois passou por dificuldades até mesmo no Seu nascimento. Imagine o Rei dos reis ter que nascer num estábulo e dormir no cocho onde os animais alimentavam-se!

Viveu na simplicidade cumprindo toda a Lei e Justiça para nos ensinar. Mesmo assim, não fizeram caso dEle. Foi também rejeitado, traído e condenado por um crime que não cometeu. Pior, tratado pelo Seu povo até os dias de hoje como um falso Messias.

“Ele veio para o que era Seu, e os Seus não O receberam.” Jo 1.11.

Ah, mas Ele usou essa rejeição para nos alcançar, rs! Por isso estamos aqui!

Mesmo passando pela desconsideração, o Senhor Jesus segue sendo Quem é. Ele não Se deixa levar pela indiferença que sofre. Não muda Sua Palavra porque a criticam. Não altera Seu caráter para agradar àqueles que O desprezam.

Em toda a Escritura Sagrada O vemos firme e inabalável em Seus Propósitos Eternos, ainda que o homem não se volte para Ele.

Se você ainda vive influenciada pelos seus sofrimentos e traumas ou usa-os como desculpas para justificar seu jeito, erros e problemas, Não seja prisioneira da sua própria história!

nubiaNúbia Siqueira