Blog

Aprendendo com os erros de Jonas – Parte 2

1560 views

Como falamos na semana passada Jonas se arrependeu de ter desobedecido a Deus e foi à Nínive conforme Deus o havia mandado, e percorreu toda a cidade pregando aos Ninivitas e os advertindo para que  se convertessem, do contrário, a cidade seria destruída por Deus.

Os ninivitas creram na pregação de Jonas, e se humilharam diante de Deus, proclamaram um jejum e se converteram do seu mau caminho. Deus, em sua infinita misericórdia, vendo neles um arrependimento sincero, também se arrependeu do mal que havia dito que faria àquela cidade e desistiu de destruí-la.

Jonas, entretanto, mostrou-se contrariado. Inconformado, questionou a Deus, pois queria que Deus fizesse o que havia dito que faria: Destruísse aquelas pessoas. Como é possível alguém que foi chamado para salvar, desejar a destruição em vez da salvação de um povo? Ele que havia sido usado por Deus para salvar aquela cidade agora reclamava com Deus por usar de misericórdia. E, diga-se de passagem, a mesma misericórdia que o havia alcançado quando ele estava dentro do ventre do peixe.

“E orou ao SENHOR e disse: Ah! SENHOR! Não foi isso o que eu disse, estando ainda na minha terra? Por isso, me adiantei, fugindo para Társis, pois sabia que és Deus clemente, e misericordioso, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e que te arrependes do mal.” (Jonas 4.2)

Lá estava Jonas repetindo o mesmo erro.  Queria que as coisas fossem do seu jeito e mais uma vez recusava-se a se submeter a vontade de Deus. E ainda ousou questioná-Lo.

“Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?”  Romanos 9:20

Ele fazia a obra de Deus, mas não sentia mais a dor das almas. Era egoísta.  Ele até fez o que Deus o ordenara, mas dentro dele não havia o desejo de salvar aquele povo.

Talvez esse seja o seu caso. Você faz a Obra de Deus, mas dentro de você não há mais o desejo de salvar. Não há mais sede de ganhar almas.  Você pensa apenas no seu bem-estar e em  atender as suas necessidades, e, por isso, assim como Jonas ,vive frustrado.

Aliás, o livro de Jonas termina com ele ainda reclamando, se lamentando e contendendo com Deus.

E você?  Vai continuar agindo como Jonas?

 “Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não reconheceis que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados.” (II Corintios 13:5)

 

Jeane VidalJeane Vidal