Relacionamento

Obreiras em Foco: Corriqueira

677 views

timthumbDavi tinha o proposito de levar a arca de Deus para Jerusalém. Como era um objeto sagrado, que representava a presença de Deus, os únicos que poderiam carrega-la eram os sacerdotes, ninguém mais podia sequer tocar na arca. Mas algo inusitado estava prestes a acontecer durante a viajem, Uzá tocou na arca para segura-la, mostrando assim irreverencia e demonstrando que não reconhecia a majestade e santidade de Deus simbolizadas pela arca.

Ele morreu na mesma hora e Davi ficando triste não quis mais levar  a arca, deixando-a na casa de Obede Edom.
A arca, um objeto especial e sagrado estava agora na casa de um homem comum,  parece que arca virou um objeto como outro qualquer, não havia mais a mesma reverencia e santidade.

Isso acontece também nos dias de hoje, pense como era no inicio, para subir ao altar e limpar tirávamos os sapatos, os objetos de Santa Ceia, o óleo consagrado, os materiais usados nos propósitos da igreja eram sagrados, víamos tudo com muita santidade, até mesmo quando encontrávamos um papel no chão, imediatamente o apanhávamos para jogar fora.

Com o passar do tempo as coisas foram mudando, a pessoa se familiarizou com os objetos sagrados, as coisas de Deus que antes tanto reverenciava, agora são para ela coisas comuns e correntes que não têm nenhum significado especial.

Vamos cuidar esses detalhes, não devemos nunca perder o temor, nos familiarizar tanto com as coisas de Deus, ao ponto de não vê-las mais com olhos espirituais e desse modo deixar de ser abençoadas.

Não esqueça, o tempo que arca ficou abençoando a casa de Obede Edom poderia estar abençoando a casa de Davi, não é mesmo?

Tania Rubim