Relacionamento

Obreiras em Foco: Marido incrédulo

3123 views

timthumbMuitas obreiras têm tido dificuldades em manter um equilíbrio entre o casamento e a obra de Deus.
Eu sei que o maior prazer da pessoa que serve a Deus é estar na igreja, mas se você não age de sabedoria nunca poderá ganhar seu marido incrédulo para Jesus.

Você que se encontra nesta situação não pode ir na igreja todos os dias e deixar seu esposo sozinho em casa (a não ser se você vai no horario que ele está trabalhando).

Muitas têm feito isso e provocado muitos problemas no casamento, alegando sempre que o marido não é da fé e por isso não a entende, na verdade quer atrapalhar sua vida espiritual.

Isso pode até acontecer, mas será que você como mulher de Deus, não deve dar bom testemunho e mostrar que também se preocupa com ele?

Talvez você ainda não conseguiu levar seu marido na igreja porque ele não tem visto um testemunho da sua parte, você o deixa sozinho todas as noites e vai para a igreja, talvez não lhe prepara a comida nem cuida bem das suas coisas, não ha tempo para dialogar nem dar atenção um ao outro e por isso seu casamento está frio e sempre há discussões.

Outra coisa que você deve pensar é nos domingos, claro que as primícias são de Deus e domingo pela manha você deve buscar o seu Senhor, mas e o resto do dia?

Você fica o domingo todo na igreja e deixa seu esposo almoçar e ficar o  dia inteiro sozinho?

Você crê que isso é justo e agrada a Deus? Claro que não, você tem que ser uma esposa sabia, equilibrada, nós não fazemos a obra de Deus só quando estamos na igreja, também a fazemos dentro da nossa casa, e talvez você me diz, “mas eu tenho sido uma obreira dedicada e exemplar na igreja”, eu creio nisso, mas e na sua casa você tem sido assim também?

Claro que quando o esposo é obreiro e está na mesma fé você tem mais liberdade de estar na igreja pois ele estará junto com você, caso contrario você terá que fazer certos sacrifícios.

Só mais uma coisinha, se seu esposo não é obreiro, mas ele vai na igreja e você também tem agido dessa forma, pensando assim, “ele entende, ele é da fé”, ainda assim está errado, você deve dar atenção ao seu marido e não deixá-lo abandonado e sozinho o dia inteiro, e isso mês atrás mês, se fosse ao contrário você gostaria?

“Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres, considerando a vossa vida casta, em temor.”              1 Pedro 3:1,2

Tarefa: Você vai fazer uma escala dos dias que vai na igreja e os dias que vai ficar em casa com seu esposo. A mesma coisa nos domingos, dê o seu tudo pela manhã, depois vá almoçar com seu esposo e fique a tarde com ele. Isso agradará a Deus e vai mudar e muito o seu casamento e até mesmo o seu marido.

Conte-nos a sua experiência!

Tania Rubim

Autora do livro “Escolhida para o Altar”. Faço a obra de Deus no Altar por 18 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.