Estudos

VESTES SANTAS

4509 views

obreira_jpgUma das palavras que me chamou a atenção dentre tantas que nos alimentaram nessa última vigília dos obreiros foi o que não tenho visto em muitos obreiros e que você deve atentar; estou falando do seu uniforme.

Muitos obreiros(as) tratam seu uniforme com relaxamento, vamos começar pelos homens, cujo branco de sua camisa é encardido, percebemos a calça velha e desbotada, os sapatos mal engraxados ou não engraxados, o cinto com os buracos violentados, a fivela sem brilho, enfim, obreiros, somos homens de Deus e essa condição exige limpeza e zelo por tudo que nos diz respeito, inclusive nossa aparência, me lembro quando era obreiro não tinha um salário alto, tinha muitas despesas por conta do meu casamento, mas se existia uma coisa que sempre zelei, era pelo meu uniforme por representar minhas vestes espirituais; as escrituras mostram uma preocupação de Deus com as vestes dos sacerdotes:

As vestes santas de Arão passarão a seus filhos depois dele, para serem ungidas, e consagrados nelas. Êxodo 29:29

E o que dizer de algumas obreiras? São as que mais observamos pelo fato de sabermos que as mulheres zelam mais pela aparência do que os homens, mas será obreiras que seu zelo só se diz respeito as suas vestes civis? E não ao seu uniforme? Que é sagrado como lemos acima? Não acredito que uma obreira cheia do Espírito de Deus nascida de novo possa ser negligente (relaxada) com suas vestes que representam sua espiritualidade. Vejam! Obreiros o que chamou a atenção dos discípulos na transfiguração de Jesus no monte:

… as suas vestes tornaram-se resplandecentes e sobremodo brancas, como nenhum lavandeiro na terra as poderia alvejar. Marcos 9:3

O uniforme é algo sagrado o qual o obreiro(a) que é de Deus tem prazer de exibi-lo da melhor maneira possível, pois dentre outras importâncias ele representa a farda dos soldados do Exército do Deus Invencível nas batalhas.

Bispo Sergio Correa