Experiências vividas

A importância de fazer a Obra de Deus

1611 views

Vanessa de Oliveira recebeu a orientação de uma obreira e teve a vida transformada pela fé

Vanessa de Oliveira, de 32 anos, cabeleireira, conviveu com o lado obscuro da vida. Quando criança, era revoltada. Mas piorou aos 12 e começou a beber. Ela saiu de casa por volta dos 13 anos, época em que passou a frequentar bailes e se viciou ainda mais em bebidas alcoólicas; além disso, experimentou drogas pela primeira vez. Quando foi perceber, usava cocaína. Por volta dos 15, já era alcoólatra, com vício em bebidas quentes (uísque, conhaque e outras). Segundo Vanessa, elas eram o seu café da manhã. Todo dinheiro que possuía era gasto com a dependência. Por influência das bebidas e das drogas ela se tornou ainda mais agressiva. Desesperada, certo dia tentou o suicídio, planejando se jogar de um viaduto da cidade de Nilópolis (RJ). Mas, quando estava se preparando, ouviu uma voz dizendo: “Se joga” e outra afirmando: “Não se joga”. Vanessa desistiu, caminhou, entrou numa IURD e sua vida mudou.

viciada2_0“Na Igreja, fui abordada por uma obreira. Ela disse que o Senhor ia mudar a minha vida. No início do processo de libertação, sentia o cheiro do álcool e da cocaína; era como se o cheiro da bebida estivesse impregnado em mim. Dava vontade de sair gritando. Só consegui dar fim aos vícios com muita força de vontade. Após 1 ano, já estava liberta. Se não tivesse entrado na IURD naquele dia teria morrido de overdose ou me jogando do viaduto. Hoje, tenho um casamento abençoado e estou montando meu próprio negócio: um salão de beleza”, afirma.

Quantas pessoas você já orientou nesta semana obreiro, muitos estão precisando de sua ajuda.