Obreiros em Foco

Por que ser obreiro?

8251 views

mat1_1655

Quando alguém chega até a Igreja Universal, pela primeira vez, buscando auxílio, é atendido, na maioria das vezes, por um obreiro, que ouve a sua história com atenção e procura encaminhar para a resolução do problema de alguma forma.

Muitas vezes, para quem está em um momento de desespero e aflição, esse contato direto com quem faz parte da Universal é importantíssimo para sentir-se bem. É um estímulo à fé e, a partir daí, o início da resolução das adversidades para quem passa a acreditar no Senhor Jesus.

O trabalho do obreiro

O trabalho de receber quem chega à Universal é apenas um dos exemplos das atividades desempenhadas pelo obreiro. Esse trabalho não serve apenas para encher os corredores do templo de oração, mas sim para ajudar o próximo. Para ser obreiro é importante estar imbuído do desejo ardente de salvar os que estão perdidos.

Quando se é levantado a obreiro, passa-se a lidar com almas e declara-se guerra contra o diabo, que lutará com todas as suas armas para não permitir que alguém seja tirado de suas garras. Por isso, o obreiro deve estar sempre de bem com Deus, sendo fiel a Ele em todos os sentidos.

O obreiro está na Igreja auxiliando os pastores no decorrer das reuniões e sempre disposto a ajudar quando solicitado. Para quem olha de fora, talvez o trabalho do obreiro seja visto como uma atividade fácil, e que não requer dedicação. Engano.

Quem é obreiro?

O obreiro tem que estar preparado para apresentar-se sempre bem. Seja homem ou mulher, tem como características estar asseado e trajado de forma adequada e sem exageros, tendo a consciência de que a roupa é que serve o homem, e não o contrário.

O obreiro é pessoa de Deus. É educado ao falar com quem está passando por uma situação difícil, e segue sempre as instruções bíblicas. Não dá opiniões a respeito do que ouve e nem tenta resolver o problema do outro com suas próprias ideias.

Onde estão os obreiros?

Você pode vê-los nos templos e nos eventos da Universal. Se há dúvidas sobre quais locais eles podem estar, existe uma certeza, os obreiros estão onde são necessários. Encontram-se na igreja, nas ruas evangelizando, visitando hospitais, praticando ações sociais, distribuindo mensagens de transformação de vida, e em lugares que muitas vezes nem imaginamos.

Heróis da Universal

Veja o exemplo do trabalho realizado por obreiros na cidade de Nova Venécia, que fica a 300 quilômetros de Vitória, capital do Espírito Santo. O município tem pouco mais de 50 mil habitantes, mas conta com a presença do trabalho da Universal.

Lá, no pequeno templo da cidade, há apenas três obreiros. Incansáveis, eles ajudam na evangelização e na propagação da Palavra. Seu José, dona Nealia e dona Teresa distribuem os exemplares do jornal Folha Universal como forma de aproximar as pessoas de Deus.

Dona Teresa faz parte do grupo de obreiros há 5 anos. Ela é casada, mas sempre reserva uma parte do seu tempo para ajudar nas atividades da Universal. De maneira nenhuma ela considera esse trabalho junto à IURD como um contratempo em sua vida.

Não é diferente para dona Neália, que, mesmo tendo que equilibrar a vida pessoal com as atividades dedicadas ao próximo, considera uma honra os momentos que reserva para essas ações. Já para seu José, o maior prazer é evangelizar e ter a possibilidade de ganhar almas para a Obra de Deus.

Percebeu o que eles têm em comum? São três pessoas que fazem parte da Universal. Obreiros que andam a pé pelas ruas da cidade, convidando a todos para participar das reuniões realizadas na IURD. São dedicados no seu dia a dia e, embora tenham suas famílias e seus compromissos, oferecem seu trabalho para ajudar o povo de Nova Venécia e servir a Deus.

Pense nisso!