Aplicativo de táxi do Rio arrecada dízimo para Igreja Universal

Mito: De acordo com uma denúncia que circula pela Internet, a Prefeitura do Rio de Janeiro teria criado o aplicativo Taxi.rio para que a Igreja Universal do Reino de Deus pudesse arrecadar o dízimo de taxistas.

Verdade: A Igreja Universal não tem qualquer relação com o aplicativo Taxi.rio, como confirma o conhecido portal Boatos.org – que desmentiu o rumor.

O Taxi.rio é um app de mobilidade urbana lançado pela Prefeitura carioca em 2017, como alternativa a outros serviços como 99, Uber e Cabify.

Contudo, diferentemente do que ocorre com os aplicativos de transporte tradicionais, o Taxi.rio não cobra taxa de adesão ao sistema, ou sobre o valor das corridas realizadas. Só isso já bastaria para desqualificar a mentira, pois não dá para “arrecadar” qualquer valor de um serviço que é gratuito tanto para motoristas quanto para passageiros.

O que está por trás de uma farsa tão estapafúrdia é mais um ataque preconceituoso de ódio contra a Igreja Universal, nosso corpo eclesiástico e 9 milhões de adeptos em todo o mundo.

Duvide sempre dessas correntes sensacionalistas que poluem as redes sociais. Não se deixe enganar tão facilmente por esses covardes que avançam contra a Universal e contra o prefeito Marcelo Crivella. Eles estão por toda parte.

E não se esqueça: não é somente quem inventa os boatos, quem espalha notícias falsas para atacar a honra de uma pessoa ou a credibilidade de uma instituição também está sujeito às punições da Lei e pode ser condenado pela Justiça.