APRENDENDO SOBRE A BÍBLIA

“Filho Meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da Sua repreensão. Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem.” (Provérbios 3.11-12)

Qualquer pai neste mundo tem regras e padrões de vida em sua casa, e deseja se orgulhar dos seus filhos. Por isso, bem cedo lhes ensina o caminho do bem, conduzindo-os aos estudos e não lhes deixando faltar nada. Também lhes mostra, desde pequenos, a importância de terem um caráter ilibado, ou seja, justo, e de serem pessoas de palavra, de respeito, disciplinadas e obedientes.

Todos esses bons frutos serão possíveis e naturalmente ensinados quando se conhece a Deus. Uma pessoa, ao conhecer ao Senhor, deixa de ser alma vivente para ser espírito vivificante, e porque nasceu de Deus recebe o Seu DNA, um coração puro, uma fé firme, tornando-se justa e obediente à Sua Palavra.

Por ter conhecido o amor de Deus e recebido o Espírito Santo, essa pessoa transmite Vida e Espírito a todos que o cercam, tornando-se uma fonte a jorrar e gerando, assim, por meio de sua fé e do seu bom testemunho, filhos espirituais para o Reino de Deus.

Como um filho depende dos conselhos e cuidados do seu pai, assim é o filho do Altíssimo – vive na dependência de ouvir a Sua Voz e Seus Ensinamentos. É, portanto, humilde e aceita a correção quando erra, como também a disciplina dEle, por temor e respeito à Sua Santidade. Ademais, por ser um separado para Deus, logo, ao ser perdoado, procura desviar-se do mal e do pecado para não errar novamente.

No entanto, para viver dentro da Vontade de Deus é preciso humildade, aceitar as Suas Leis e obedecer aos Seus Mandamentos, por amor e reverência ao Todo-poderoso.

Deus é Amor e Santo, e além de sermos muito amados por Ele, nos deseja ainda o melhor, por saber de todas as coisas. Ele nos disciplina e mostra os nossos erros para evitar que caiamos e soframos. E, por nos amar, nos corrige e guarda de todo o mal.

É maravilhoso saber que somos cuidados pelo Santíssimo!