Amor sem interesse

E, estando Jesus assentado defronte da Arca do Tesouro, observava a maneira como a multidão lançava o dinheiro na Arca do Tesouro; e muitos ricos deitavam muito. Vindo, porém, uma pobre viúva, deitou duas pequenas moedas, que valiam meio centavo. E, chamando os Seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deitou mais do que todos os que deitaram na Arca do Tesouro; Porque todos ali deitaram do que lhes sobejava, mas esta, da sua pobreza, deitou tudo o que tinha, todo o seu sustento. Marcos 12.41-44

Jesus observava as pessoas dando as ofertas na Arca do Tesouro, e viu homens ricos, vestidos de linho fino e púrpura que depositavam grandes somas de dinheiro, ouro, pedras preciosas, verdadeiramente, eram ofertas vultosas.

Mas Jesus também viu a oferta daquela viúva pobre, e somente a dela era uma oferta alçada, espontânea e desinteressada.

A oferta, normalmente, carrega um interesse em si, mas a oferta alçada é voluntária, sem interesses, pura, que expressa o seu amor, a sua ternura para com Deus.

A pessoa faz essa oferta por livre e espontânea vontade, não porque o pastor pediu, mas sim porque nasceu dentro dela aquele amor, aquela gratidão, ou seja, um sentimento profundo de querer dar ao Senhor o que ela tem de melhor, isso se chama oferta alçada.

Foi o que Deus pediu ao povo de Israel, quando disse a Moisés:

Fala aos filhos de Israel, que Me tragam uma oferta alçada; de todo o homem cujo coração se mover voluntariamente, dele tomareis a Minha oferta alçada. Êxodo 25.2

Obviamente, quem faz nascer o desejo da oferta alçada é o Espírito Santo.

Portanto, aqueles que têm ouvidos para ouvir, ouçam essa Palavra, entendam e tirem proveito dela, para que suas vidas sejam prósperas em todos os sentidos, sejam a própria bênção, com a vida abundante que Jesus prometeu.