Blog

O Porquê faz a diferença

455 views
Jejum de Daniel

O motivo que levou Daniel a jejuar foi compreender uma visão dada por Deus. Seu ardente desejo de entender a mensagem do criador o levou a fazer vinte e um dias de abstinência daquilo que mais lhe era mais agradável ao paladar.

Atualmente estamos vivendo o chamado “Jejum de Daniel” e, ao iniciarmos o jejum, nossa intenção deve estar alinhada à de Daniel; busca de compreensão e entendimento do mundo espiritual revelado por meio da Palavra de Deus, para tal precisamos estar de fato desconectados das coisas seculares, que distraem nossos pensamentos limitando nosso tempo de meditação. Devemos fixar no alvo ao lermos a Palavra, meditarmos e buscarmos a presença de Deus, pois assim aqueles que ainda não foram batizados recebam o batismo com o Espírito Santo e os que já são batizados obtenham novas visões, interpretações e entendimento de como praticar o que aprendemos com Ele.

 A sede de Deus nos transporta à Sua presença. E esta é a proposta do Jejum de Daniel, intensificar nossa intimidade com Ele por meio do investimento na vida espiritual. Ao alimentarmos nosso Espírito estamos nutrindo nossa alma, pois damos vasão para que Ele nos conceda entendimento referente à assuntos espirituais, eternos e encontrarmos caminhos que anteriormente estavam ocultos aos nossos olhos, pois quando agimos no sentido de crescimento espiritual Ele se apressa para suprir todas as nossas necessidades.

Assim como o anjo apareceu para Daniel, renovou-lhes a forças e lhe concedeu o entendimento que ele buscava, assim será com todos aqueles que fizerem este jejum com esta intenção.

“Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras.” Daniel 10.12

Gislene Xavier