Relacionamento

“Eu quero que vocês vejam o que ele fez comigo. Isso não é amor”

1 comment899 views
ooooooooooooooooooooooooooooooo

Miss vítima de ataque com ácido pelo ex-namorado mostra o rosto pela primeira vez.

A modelo Gessica Norato, de 28 anos, ex-concorrente do Miss Itália, foi mais uma vítima da violência contra a mulher e da possessão de um ex-namorado. Ela teve um relacionamento com Jorge Edson Tavares, que não aceitou bem o término do namoro e passou a persegui-la.

Em agosto de 2016 já havia uma ordem judicial para que ele não se aproximasse dela, mas nem isso impediu que, em janeiro deste ano, ele a atacasse com ácido, fazendo com que Gessica sofresse queimaduras no rosto, perna, quadril e quase perdesse a visão.

Ela ficou internada por 2 meses, tem gastado o equivalente a R$ 2,5 mil por mês com medicamentos e ainda terá de aguardar um ano para começar a fazer cirurgias plásticas. Desde o ocorrido, a miss não se mostrou ao público, mas quebrou o silêncio recentemente, durante o programa italiano “Mario Costanzo Show”. “Eu quero que vocês vejam o que ele fez comigo. Isso não é amor”, desabafou.

Edson Tavares nega o ataque e está preso esperando julgamento.

Apesar dos traumas físicos e psicológicos, a modelo se mantém positiva. “O meu rosto está arruinado, mas as minhas características faciais ainda estão aqui. A minha boca está intacta, assim como o meu nariz. Eu ainda me reconheço no espelho”, disse.

Quebre o silêncio

De acordo com pesquisa da organização não governamental (ONG) Action Aid, a violência doméstica é responsável pela morte de cinco mulheres por hora no mundo. A informação é resultado de análise do estudo global de crimes das Nações Unidas e indica um número estimado de 119 mulheres assassinadas diariamente por um parceiro ou parente. Por pouco Gessica não fez parte dessa estatística.

Muitas mulheres permanecem em um relacionamento abusivo por não acreditar que merecem ou que podem ter algo melhor. Mas o amor verdadeiro e inteligente não pode aceitar ofensas e agressões. “Deus lhe valoriza 24 horas por dia, e Ele quer lhe dar um marido que seja o Seu representante em sua vida. Mas, para isso, você precisa descartar os representantes falsos que têm por aí, descartar o coração enganoso que, por sentir ‘amor’, permite você ser tão desvalorizada, enganada, maltratada”, diz a escritora e palestrante Cristiane Cardoso.

Se você se encontra em um relacionamento abusivo, entenda que não precisa se submeter a isso. Procure ajuda de alguém em quem confia e das autoridades para evitar o pior.

O Projeto Raabe foi criado para dar assistência a mulheres que se encontram nessa situação. Vá a Universal mais próxima e obtenha informações de como contatar uma voluntária no Templo de Salomão, participe também das palestras da Terapia do Amor, que acontecem todas as quintas-feiras, na Universal.

  • Rafaella Rizzo

    Podiam dar os créditos para quem fez a matéria, no caso eu.
    Colocar a postagem original, o site de que ela saiu…